.

sábado, 23 de agosto de 2008

SIMULACRO____HERCILIA FERNANDES


Sinto-me inteiramente tua
(como poderia não sentir!?)

Sinto a lasciva que fulguras
Simulacro frágil de esculpir.

Sinto ensandecer-me: palavra tua
Imensidão dèjá vu.

Sinto-me à tinta-mão fartura:
tinteiro
negro
cheio
cheiro
rosa, framboesa, carmim

jamais vu!...


Hercilia Fernandes

1 Comentários:

  • Divino, Hercília. Sem fugir ao seu estilo, usando o estrato fônico como chamariz, desvendas em palavras a maestria dos grandes nomes dentro da literatura. Misturando às rimas, a lingua francesa, encheu de maior beleza a alma feminina neste "Simulacro".

    Maravilhoso!

    Parabéns, amiga

    Beijos

    Mirze

    Por Blogger www.mirzesouza.blogspot.com, às 23 de agosto de 2008 16:46  

Postar um comentário

<< Home