.

domingo, 20 de janeiro de 2008

O BEM QUE TE QUERO___EURIDICE ESPANHOL

O bem que te quero
É maior que o infinito
Do meu lirismo
Que em posição de quem anseia,
Na distancia aflita,
Se perde e se limita...


O bem que te quero
É horizonte de luzes furta cores...
Arco-íres dos meus amores:
Inúmeras mulheres em mim
Que te guardei...


O bem que te quero
E comigo, sem mim
Em mim, de mim
Mesmo que não seja para mim...


O bem que tenho
São mãos vazias entupidas de afetos
Coração ensolarado
Por entre mares descobertos...


O bem que te tenho
É a viagem que te faço
Em todo o meu sonho farto
Neste silêncio de agonia


O meu amor é infinito sem espaços,
Liberdade que te entrego,
Nas sombras da minha noite,
Enquanto navego atalhos pra clarear o dia!!!


Euridice Hespanhol


Amor em agonia!
Confidências!!!

1 Comentários:

  • Ninguém sabe quanto é o seu lirismo. Cada vez mais você surpreende.
    Sua verve poética é fulgente, está sempre em erupção, trazendo à luz novos pulsares.
    Quanto orgulho sinto de ser seu leitor. Cresço como ser humano cada vez que a leio.
    Beijos
    Ronaldo Araújo

    Por Blogger araujoronaldo10, às 31 de janeiro de 2008 10:17  

Postar um comentário

<< Home