.

sábado, 3 de julho de 2010

O AMOR QUE NÃO VIVI___BASILINA PEREIRA


O amor que não vivi
resiste em minha memória
qual fruto que não colhi
e não entrou na história.


O amor que não vivi
deve estar em algum lugar,
quisera poder sentir
o que só pude sonhar.


O amor que não vivi
dizem: é conto de fadas,
não há sensação assim
- que arrepie a madrugada!


O amor que não vivi
existe em meu pensamento:
real – está bem aqui
onde mora o sentimento.


O amor que não vivi
cabe no verso ideal,
num poema em frenesi,
no acorde do madrigal.


O amor que não vivi
é chama que ardeu demais,
de tanto querer, perdi
e que falta ele me faz!


Basilina Pereira

1 Comentários:

  • falar o que de voce amiga querida, so o que posso comentar é que alem de muito talentosa e uma pessoa extremamente carismática e muito querida por seus amigos, sucesso pleno e absoluto no lançamento do livro, bjs

    Por Blogger REGINA PESSOA, às 4 de julho de 2010 19:10  

Postar um comentário

<< Home