.

quarta-feira, 11 de junho de 2008

AMBICIOSA____NÚRIA CARLA


"Para aqueles fantasmas que passaram,

Vagabundos a quem jurei amar,

Nunca os meus braços lânguidos traçaram

O vôo dum gesto para os alcançar..."(FLORBELA ESPANCA)


(....)



Meus braços que te acolheram com fulgor;

Como correntes de oiro e pedrarias,

Pondo acima do irracional ardor,

Meu seio, meu corpo em alquimia!


Em consagração ao teu ébrio abraço,

Pus-me a acender a chama da paixão...

Tormenta voraz, que me acorrenta ao teu laço,

Fagulhas de prazer, neste meu mundo sem razão!


Vasculha-me agora a alma quimera!

Corta-me os pulsos, se preciso for!

Mas, permita-me antes te dar de sobejo...


Meu tenaz amor, envolto em desejo...

Numa cama ardente, sem medo e pudor!

Corta-me do orgasmo, a jugular pantera!


Núria Carla

(Ledalge-pseudônimo)

2 Comentários:

  • Núria,nos deixa sem respiração!!!A beleza de teus poemas é um festim de palavras,um lume em nosso coração,tu,poetisa,nos sublima a alma nops leva à multidão dos sonhos!!!!!Beijos,Vilma Belfort.

    Por Blogger Vilma, às 11 de junho de 2008 10:33  

  • Núria, que beleza! Ler teus sonetos é como se estivesse lendo os grandes sonetistas dp passado!... Os teus, porém, trazem o calor da consciência dos teus versos lúcidos... Adorei!

    Por Blogger jimena, às 14 de junho de 2008 04:20  

Postar um comentário

<< Home