.

sábado, 27 de dezembro de 2008

CONVITE___BÁRBARA PEREZ


Pode entrar
Que a porta esta entreaberta
O vento a sopra todo momento, embalando
Nossa solidão...
Que as flores estão floridas e per fumantes
E há entre esse silencio um acorde em cada amanhecer...
Pode entrar
Como entra o ar puro da montanha
Chegando na hora justa
De espantar a solidão
Pode entrar
Que a porta esta sempre entreaberta
Na posse galante de esperar
Vem provar-me
Que a solidão venceu o tempo de espera
Vem entrando como primavera
Não importando qual seja a estação
Pode chegar
Que sua boca é meu prelúdio da água benzida
É teu cio e carne que me faz
Ser capaz de nunca deixar-me afogar
Pode chegar
Que expulsei a dor e a saudade
Arrastei a maldade porta afora
Enfeitei os todos os cômodos de flores
E plantei o desejo e o perdão
Vem-me mostrar
O caminho pro céu
Lambuzar-me de mel
Encher-me de feitiços
Pode entrar
Que na solidão só sei chorar
Entra e ocupa todos os espaços
Desse meu pobre coração.

MINHAS PAIXAÔES SEM TEMPO PRÁ CUIDAR:
POETAS E LOBOS (COMUNIDADE), E EM BREVE UM MARAVILHOSO SITE
ENFERMEIRAS & LOUCAS(COMUNIDADE)

"DE MÉDICOS & LOUKOS NÓS TODOS TEMOS UM POUKO"

" vivo minha insanidade,porque o mundo que vivo não merece minha lúcidez" Raul seixas

2 Comentários:

  • Oi Barbara!!! Desmasiadamente belo esse poema "CONVITE", sou teu fã querida poetisa e sempre estarei aqui visitanto esse lugarzinho maravilhoso...

    Poeta Francis Perot

    Por Blogger Francis, às 27 de dezembro de 2008 15:54  

  • Oi amiga lindas suas poesias grande talento continue sempre assim adoro ler as suas poesias parabéns .

    Por Blogger NINHA, às 4 de janeiro de 2009 07:39  

Postar um comentário

<< Home