.

quarta-feira, 6 de abril de 2011



ILUSÃO

Eu não quero o mundo, não amo o mundo
que se faz solitário aos meus sentidos,
aos meus amores, e aos jardins benditos
Que me são fiéis, e que me são profundos...

Não quero parar, nem pensar, – oh! no fim!
que tudo pode acabar sem reconhecer
a estrada em que eu caminho, sem perder
as ilusões que se rogam dentro de mim...

Nostálgica me é a vida, o amor me é existir;
sem saber que aos corações nunca pude
o prender, nem mesmo, com ele me iludir.

Estranho me diz a transparência: estranho!
Como é que eu verso o amor em atitude
se dentro de mim, eu apenas com ele sonho...

(Poeta Dolandmay)


Comunidade Dolandmay Vida e Amor
Clique Aqui!



*Direitos Autorais Reservados*

5 Comentários:

  • Esse poema é bem dentro da espiritualidade, o homem não quer
    o mundo mas não pode ver o seu fim. É bem os conflitos entre corpo e alma.
    Que lindo poeta essa beleza é o que
    todos na verdade somos semelhantes.
    Lindo !
    Grata e beijos da Sol Holme.

    Por Blogger Solange, às 6 de abril de 2011 08:58  

  • Só existe encantamento e beleza em todas as poesias querido Dolandmay!
    São obras maravilhosas que enchem meu coração.
    Obrigada amigo por existir
    Felicidades sempre
    Sua fã
    que te adoro
    Beijos

    Liena Boccardi

    Por Blogger Liena, às 6 de abril de 2011 09:20  

  • Este comentário foi removido pelo autor.

    Por Blogger ddossantosneves, às 6 de abril de 2011 10:22  

  • Eu pra falar de meu amigo querido ou quer que seja uma poesia, falo em amor. Tu és o amor poeta merecedor de tudo de bom. Tuas poesias quem sou eu para comentar.
    Alma linda gosto de tudo que escreves... Te amo meu amigo sou tua fã, beijoss meus sempre.

    Por Blogger Marisa Torres, às 6 de abril de 2011 10:32  

  • AO POETA DOLANDMAY.



    Que foi abençoado com a luz do bem querer,do bem amar!

    Em cada caminho que passa, deixa a luz do cósmico, a luz do seu amar...

    Que é sempre uma constante força divina de seu lindo coração.

    O que produz as variedades em suas obras literárias é o amor,

    Que divide com seus leitores em seus poemas, versos e vídeos,

    Áh! não teria como expressar tamanho sentimento de emoções,

    pois é tudo tão belo,tão maravilhoso,

    Poeta Dolandmay...que prazer imenso em ter sua amizade !

    Eu só posso te dizer ... obrigada amigo .

    Adoro você !!! sempre ... ////REGINA AMARAL////

    Por Blogger regina, às 6 de abril de 2011 19:11  

Postar um comentário

<< Home