.

quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Andréia Lúcia Barreto Guarçoni


(pseudônimo: Andréa Lucia)


Inverno

Saio à rua em meio a um frio cortante
últimos dias de um inverno castigante... Ventanias, nevascas, chuvas e céu cinzento
ainda bem que não tardará esse tormento!
Fico sozinha em meio às árvores desfolhadas
uma paisagem branca de ruas abanadonadas...
Sinto a solidão congelando meu coração,
sinto falta do calor, das cores e da paixão!
Chega logo primavera e traz as tuas flores
desabrocham colorida e desperta mil amores.
Transforma este céu cinzento e desbotado
num céu colorido, radiante e perfumado!
Devolve-me a alegria de sair novamente
de olhar o céu azul e passear livremente...
Transformam os risos secos em esfuziantes
despertos os desejos contidos dos amantes!
Acorda os corações que dormem congelados
liberta os segredos que ficaram guardados.
Traz contigo uma paixão quente para mim...
Ah... Não suporto mais essa gélida solidão sem fim!

2 Comentários:

  • [b][red]Boa noite...

    Parabéns amiga poetisa, lindo esse inverno... ao ler senti que fazia parte desse cenário descrito tão bem por ti...

    Um grande abraço...

    Poeta Mineiro...

    Por Blogger Poeta Mineiro, às 16 de novembro de 2007 17:09  

  • Obrigada Poeta Mineiro!!
    Que estejamos, novamente no frio de Bento Gonçalves...risosss
    Não neva..mas, que é frio é!!
    Beijão,
    Andrea.

    Por Blogger Andrea Lucia, às 13 de maio de 2009 21:53  

Postar um comentário

<< Home